Tecnologia GDI: O futuro automotivo

Sempre que pensamos em como será o meio de transporte particular do futuro, visualizamos carros híbridos, elétricos ou até mesmo voadores.

Talvez leve alguns anos para que os carros voadores façam parte de nossa realidade, mas a tecnologia GDI já está no mercado.

A tecnologia de injeção direta começou em 1950, porém era aplicada somente em automóveis
esportivos, como foi o caso da Mercedes 300 SL.

Você sabe quais são as funcionalidades e benefícios da Tecnologia GDI ? Nesse artigo, você vai descobrir:

  • O que é a Tecnologia GDI;
  • Como ela funciona;
  • Diferenças entre injeção direta e indireta;
  • Vantagens e desvantagens da Tecnologia GDI.

Tecnologia: Injeção Direta

Conhecida também pela sigla GDI (Gasoline Direct Injection), a Injeção Direta de Gasolina é uma tecnologia voltada para melhorar a performance e economia dos veículos proporcionando resultados completos e precisos.

A Tecnologia GDI visa aumentar a precisão da injeção do combustível na câmara de combustão, facilitando a atuação do motor, diminuindo o consumo de combustível e a emissão de dióxido de carbono (CO2).

Características únicas da Tecnologia GDI

A tecnologia GDI se torna uma inovação por usar ferramentas exclusivas da injeção direta.

Nesse sistema, o ar entra pelos coletores de admissão e válvulas. Enquanto o combustível é adicionado diretamente à câmara de combustão em alta pressão com precisão cirúrgica pelos injetores que pulverizam o combustível. Resultando em uma combustão mais completa e eficiente.

Isso permite o melhor aproveitamento da energia disponível e possibilita ganhos em consumo ao necessitar de menos combustível para produzir a mesma potência. Dessa forma emitindo menor quantidade de poluentes.

Por ter essas características, a Tecnologia GDI se torna o grande futuro da combustão.

Segundo o site Delphi auto parts, a combustão com Tecnologia GDI deve crescer em até 30% nos próximos anos em comparação à 2018. A estimativa é baseada nos mercados Europeu e Americano de veículos.

Caso se interesse em saber mais sobre as tendências e o futuro do motor a combustão interna clique aqui.

As diferenças da Injeção Indireta e Direta

A Tecnologia GDI, como o próprio nome diz, utiliza injeção direta para proporcionar melhores resultados para o seu veículo. No entanto, há algumas diferenças entre a injeção indireta e a direta.

Então, traçamos um comparativo entre ambas para visualização:

Injeção Indireta

  • Alto nível de confiabilidade
  • Menor eficiência
  • Baixa pressão (de 3 a 5 bar)
  • Maior emissão de CO2
  • Barata de produzir e manter

Injeção Direta

  • Alto nível de confiabilidade
  • Maior eficiência
  • Alta pressão (acima de 100 bar)
  • Menor emissão de CO2
  • Produção e manutenção ainda caras

Portanto, a principal diferença está no ponto onde o combustível é inserido.

Na injeção indireta o combustível é introduzido no coletor de admissão. Com isso a tendência é que o sistema seja mais simples e menos eficiente, porém ele não é totalmente econômico, pois o automóvel irá exigir mais combustível. Por outro lado, a injeção direta tem o combustível injetado diretamente dentro da câmara de combustão, o que gera ganhos de eficiência.

A Tecnologia GDI permite uma queima muito mais eficiente e impede o risco de formação de depósitos nas paredes do coletor de admissão, cabeçote e válvulas. Ocasionando maior precisão da quantidade injetada durante o processo combustão.

Benefícios da Tecnologia GDI

Engana-se quem pensa que a Tecnologia GDI é mais frágil que a injeção indireta, afinal ela tem benefícios que a torna essencial.

Algumas de suas vantagens são:

  • Economia de combustível por meio da mistura entre ar e combustível com a densidade ideal se concentrando em torno da vela de ignição;
  • Menos emissões de CO2 devido a melhor qualidade de queima do combustível;
  • Controle de fluxo de ar ideal no cilindro permitindo maior eficiência;
  • Pistões de topo curvo convexo para aumentar taxa de compressão;
  • Bomba de combustível de alta pressão para alimentar os injetores.

Sendo assim, com a Tecnologia GDI você otimiza o funcionamento do seu veículo, elimina as perdas e melhora a performance do seu automóvel.

Porque a injeção direta ainda não se tornou comum?

Visto tantos benefícios, realmente nos perguntamos qual o motivo da Tecnologia GDI ainda não estar presente em todos os automóveis. A resposta é que porque ela ainda não está popularizada, e o custo de produção dos componentes é maior.

Logo, também impacta nos custos de manutenção, sendo mais exigente e especializado.

Para entender melhor o motivo da Tecnologia GDI ainda não ser popular, listamos aqui alguns pontos que dificultam a sua propagação. Usamos como referência as informações de um dos principais fabricantes de bicos injetores, a delphi auto part.

Diluição do óleo lubrificante: Por estar ligado à câmara de combustão em alta pressão, a atomização (spray) de combustível pode passar pelo anel e escorrer pela camisa do pistão até ter acesso ao lubrificante, afetando seu desempenho;

Evaporação do óleo: Motores que fazem uso de tecnologia GDI , trabalham com temperaturas mais elevadas, e quando há aumento na temperatura, há maiores chances de evaporação do óleo, acelerando o desgaste das peças móveis e reduzindo a durabilidade do óleo.

– Acúmulo de carbono: Pode ocorrer acúmulo de carbono nos injetores, prejudicando a atomização do combustível. E com o tempo, acaba em redução de potência do motor e maior consumo de combustível.

Soluções para a Tecnologia GDI

Para evitar que os problemas citados acima ocorram, é de extrema importância manter a manutenção preventiva em dia.
Não deixe de realizar periodicamente as revisões dentro do período estipulado pelo fabricante. 
Procure certificar-se que seu mecânico possui ferramentas e conhecimentos atualizados.
Faça uso periodicamente dos aditivos PROD+ Limpa Sistema de Injeção Flex/Gasolina a cada 5.000km. Este produto é específico para Tecnologias GDI e pode ser utilizado em qualquer outra injeção mais antiga.
E não esqueça de tomar cuidado com produtos de procedência duvidosa.
Lembre-se: aditivo para combustível NÃO É TUDO IGUAL.
Ao fazer uso de produtos de baixa qualidade e NÃO ESPECÍFICOS para Tecnologia GDI, você poderá causar prejuízos acumulativos ao desempenho do seu veículo.
Quer saber mais sobre Tecnologia GDI? Nos acompanhe no Instagram e Facebook!

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn