Como reduzir o consumo do carro

10 práticas para reduzir o consumo do carro

Entenda 10 ações que podem ser tomadas para reduzir o consumo do carro e uma dica extra para te ajudar ainda mais!

Com a alta dos valores dos combustíveis, pensar em formas de economizar no consumo do carro se tornaram necessárias para a maior parte dos brasileiros.

Algumas dessas práticas ajudam a reduzir cerca de 35% dos gastos anuais relacionados ao abastecimento do automóvel.

Mas é claro que a economia no consumo do combustível irá variar de carro para carro. Por isso:

1 – Invista em carros econômicos.

Anualmente a Inmetro lança uma lista com a taxa de consumo do combustível das principais marcas e modelos no mercado. Lá você pode encontrar quais os automóveis mais econômicos (2020) e quais os que mais bebem (2020).

Se está pensando em comprar ou trocar de carro, leve em consideração aquele de melhor custo benefício no mercado.

Além do modelo, também pense no tipo de combustível que ele utiliza. Automóveis a diesel, elétricos ou híbridos também são excelentes opções quando se trata de economizar no consumo do carro.

 

2 – Mantenha os pneus calibrados corretamente.

Falando um pouco sobre física… Pneus murchos aumentam a superfície de contato da roda com o solo, exigindo mais energia do motor para manter o carro em movimento. Logo, o consumo do combustível aumenta.

Mas pneus muito cheios também podem gerar desgaste irregular e reduzir seu tempo de vida. O ideal é calibrar na medida correta, é só conferir no manual do proprietário a calibragem de cada eixo. A pressão também pode variar de acordo com a quantidade de carga que está sendo levada.

A calibragem é recomendada a cada 15 dias, sempre com os pneus frios (caso estejam quentes, o ar irá se expandir e a calibragem estará errada).

Fazer esta checagem periodicamente irá te poupar muitas dores de cabeça e uma redução significativa no consumo do carro.

 

3 – Aproveite a aerodinâmica do veículo.

Feche as janelas, o teto solar e retire qualquer peso ou bagageiro desnecessário no momento de uso.

Quando estiver acima dos 60 km/h usar o ar-condicionado irá gastar menos combustível do que deixar os vidros abertos.

E voltando a falar sobre física…

 Quanto mais pesado o carro estiver, mais força é necessária para mantê-lo em movimento.

O consumo do combustível pode reduzir em até 2% caso reduza uma bagagem de 40 quilos. Por isso evite o acúmulo de pesos desnecessários, tanto dentro quanto fora do automóvel.

 

4 – Faça a manutenção do filtro de ar do motor.

 Se atente ao manual do veículo e os prazos de revisão de cada peça.

O filtro de ar do motor deve ser checado e trocado periodicamente, caso não ocorra essa troca, irá influenciar diretamente no consumo do carro.

 O filtro de ar sujo diminui o fluxo de ar para o motor, prejudicando a mistura de ar e combustível ideal para o bom rendimento do motor.

Se você anda por lugares onde existe muita poeira, barro, lama e sujeiras, é importante fazer essa manutenção com mais frequência. Caso contrário, ocorrerá um alto consumo do combustível.

 

5 – Dirija com cuidado.

Freadas bruscas, dirigir mais rápido que o necessário ou atrasar na troca de marchas são atitudes que condenam o consumo do combustível. Faça as trocas e a aceleração de forma gradual.

Já falamos aqui sobre o quão prejudicial pode ser para o câmbio do seu carro descer ladeiras na “banguela”. Uma ação feita por muitos na intenção de economizar combustível nada mais faz do que aumentar o consumo do carro. O sistema de injeção do veículo irá bloquear o combustível do motor, para economizar. Mas, o ponto morto deixará o veículo funcionando em marcha lenta, aumentando o gasto ainda mais.

O ideal em locais de ladeiras é deixar o carro engrenado, porém sem acelerar.

 

6 – Não abasteça seu carro com qualquer combustível.

Se estamos falando da redução de consumo do carro, precisamos falar sobre um dos principais fatores que levam um automóvel a gastar mais: O combustível.

Diesel, gasolina e álcool “batizados” podem elevar o consumo de combustível. Muitos postos acabam aumentando o número de solventes misturados.

Além da injeção do carro acabar injetando mais combustível no motor, estas adulterações podem desencadear uma série de danos a todo o sistema interno do veículo. A dica é sempre olhar o manual do carro, lá está indicado qual o melhor combustível para o modelo.

Desconfie de preços de diesel ou gasolina baratos demais, pois o barato pode sair bem mais caro futuramente.

Além disso, destacamos a importância de manter o sistema de injeção sempre limpo, em condições originais. Isso vai te ajudar a usufruir de 100% do desempenho do seu carro e manter o consumo de combustível ideal. Saiba mais com os produtos PROD+.

 

7 – Use o ar-condicionado da forma correta.

Como falamos alguns tópicos acima, o ar-condicionado é a melhor opção quando o carro está acima dos 60 km/h. Abaixo dessa velocidade, as janelas abertas podem ser as melhores amigas na redução do consumo do carro.

Para o ar-condicionado funcionar, o compressor é acionado por uma correia ligada ao motor. Em baixas velocidades, o consumo do combustível pode aumentar em até 20%. Avalie a relação custo benefício entre conforto e consumo de combustível.

Então em hipótese alguma ligue o ar com as janelas abertas, ou coloque o resfriamento no máximo se não estiver tão quente.

 

8 – Não dirija se não precisar.

Quantas viagens de um ou dois quilômetros você faz diariamente?

Se colocarmos na ponta do papel os gastos mensais com o consumo do carro, podemos perceber que essas curtas distâncias pesam muito no bolso.

Procure sempre alternativas, sejam elas bicicletas ou caminhadas. Até mesmo o uso de meios de transporte por aplicativo pode ser mais vantajoso.

Um estudo da Exame apontou que usar táxis para trabalhar diariamente pode sair mais barato que o uso do carro particular. O artigo levou em consideração distâncias de até 10,5km e os valores de algumas das principais capitais brasileiras.

A lógica é simples: Se você não usa o seu carro, você economiza no consumo do combustível.

 

9 – Permaneça no limite de velocidade

 A velocidade ideal varia de veículo para veículo. Mas, de acordo com a Fuel Economy, dirigir acima do indicado em rodovias pode desperdiçar entre 7% e 23% a mais de combustível por km.

Além de poder desencadear um acidente ou te fazer levar uma multa, exagerar na aceleração também aumenta o consumo do combustível.

 

10 – Minimize o tempo em que o veículo ficará parado

Se você mora em cidade grande provavelmente já esteve em meio a um engarrafamento em horário de pico. Situações onde usamos muito os freios, acelerador e marchas baixas repentinamente também elevam o consumo do carro.

Como uma opção de redução de gastos, o sistema start-stop se mostra uma opção viável para diminuir o consumo do carro.

Controlado por uma central eletrônica que identifica o momento de ligar ou desligar o automóvel. Por isso, os carros adeptos da tecnologia possuem motores mais resistentes e uma bateria melhorada para atender a números mais elevados de partidas.

Sua principal premissa é reduzir a emissão de poluentes e o consumo de combustível. Você pode checar alguns dos modelos de automóveis mais baratos disponíveis no mercado aqui.

 

DICA BÔNUS: Não esqueça de fazer a troca dos fluídos.

 Desde do arrefecimento ao óleo do carro, os fluídos influenciam diretamente nos gastos que o motor terá no consumo do combustível, então para economizar diariamente, é necessário se precaver.

No site da PROD+ você encontrará nossa linha de produtos para fluidos funcionais, aditivos para radiadores e para combustíveis. Oferecemos somente o melhor para o seu carro!

Não esqueça de acompanhar nosso Facebook e Instagram para mais conteúdos!

PROD Aditivos no Facebook: @prodaditivos

PROD Aditivos no Instagram: @prodaditivos

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn